20/05/2016 15H00 - Actualizado 20/05/2016 15h04

Declaração de Dilma sobre Temer cortar programas sociais é crítica demagógica, diz Agripino

para parlamentaria, Dilma tenta desviar o foco do déficit de R$ 200 bilhões que deixou.
foto: revelación
foto: revelación

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), criticou declaração da presidente afastada Dilma Rousseff de que o governo Michel Temer quer reduzir os programas sociais. Para o parlamentar pelo Rio Grande do Norte, por meio de “crítica demagógica”, Dilma tenta desviar o foco do déficit de R$ 200 bilhões que deixou.

“Dilma pensa que, com a crítica demagógica de interrupção dos programas sociais, consegue se esconder do terrível rombo de R$ 200 bilhões que arruinou as contas do país. En la práctica, ela sim já havia interrompido os programas da área social por inanição financeira”, destacou o senador potiguar.

Em entrevista ao canal em espanhol do Russia Today, Dilma afirmou que o governo interino de Michel Temer quer reduzir “ao máximo” programas sociais e acusou o presidente em exercício de fazer uma política “antinacional”. A petista declarou que a nova gestão “só fala de absurdos” e criticou-a por não tomar posições firmes. Ressaltou ainda que viajará o país denunciando o “golpe” que sofreu, e que é a “prova viva da injustiça”.

*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.

Ultimas Noticias

contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505