Estafador que pasaba por el pastor arrestado en Manaus

Segundo a PC, o rapaz lucrou, aproximadamente, R $ 250 mil enganando pessoas com a venda de terrenos.
31/05/2016 14h44 - Actualizado 31/05/2016 14h44
foto: PC estreno

La Policía Civil de Amazonas, El equipo de investigación de la Policía del Distrito Integrados 2ª (INMERSIÓN), Presentó la mañana del martes, día 31, durante una conferencia de prensa celebrada en el auditorio General de Policía, o músico Silviney Vieira Maciel, 42, conhecido como “Pastor Ney”, preso por estelionato. De acordo com o delegado titular do 2º DIP, Raul Augusto, o infrator teria lucrado, aproximadamente, R $ 250 mil enganando pessoas com a venda de terrenos na capital.

Raul Augusto ressaltou que Silviney foi preso pela equipe de investigação da unidade policial e por policiais militares da 2ª Companhia Interativa Comunitária (IDPF) ayer por la mañana, día 30, por la volta 11h, após ser denunciado por uma vítima, um vendedor de 37 años. A prisão ocorreu na Rua Manoel Urbano, barrio educandos, zona sur de la capital.

“A vítima havia comprado um terreno no valor de R$ 15 mil de Silviney. Ela pagou R$ 4,5 mil como entrada para o infrator e iria dar o restante em três parcelas. Sin embargo, soube que o homem já havia vendido o mesmo terreno para outras pessoas. Ontem a vítima marcou um encontro com o estelionatário na casa dela com a promessa de pagar a ele uma das parcelas, ocasião em que trancou a porta do imóvel, acionou a polícia e Silviney foi preso”, Informó el delegado.

Conforme o titular do 2º DIP, com o infrator os policiais encontraram R$ 1 mil, referente ao pagamento recebido da vítima, o que comprovou o golpe. No momento em que foi abordado Silviney chegou a se identificar como primo de um delegado de Polícia. “Ele mentiu. Falou isso somente para amedrontar os policiais, na tentativa de não ser preso”, disse Raul Augusto.

A autoridade policial declarou ainda que as investigações apontaram que Silviney agia desde outubro 2015 e teria feito pelo menos trinta vítimas, que formalizaram as denúncias por meio de boletins de ocorrência no 2º e 13º DIPs e na Delegacia Especializada em Roubos, Robo y defraudación (Derfd).

Segundo o delegado, durante as diligências a polícia recuperou um veículo Ford Ecosport, dado a Silviney como entrada na aquisição de um terreno. Raul Augusto destacou que o lote já havia sido comercializado a outras pessoas pelo infrator. O automóvel da vítima também já havia sido revendido.

“Há um prejuízo declarado de aproximadamente R$ 250 mil. No extrato bancário dele é possível verificar depósitos de R$ 10 mil, R $ 12 MIL e R $ 5 mil. Ele se identificava como pastor de uma igreja e com isso conseguia agregar o maior número de vítimas. Silviney vendia terrenos em diferentes bairros da capital e em municípios próximos. Também estamos investigando a participação de uma mulher conhecida como “Pastora Juci” na prática ilícita”, dicho delegado.

Silviney foi autuado em flagrante por estelionato. Después de los procedimientos legales, que será remitida a la Cárcel Pública juez Raimundo Vidal Pessoa, que estará a disposición de la Justicia.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505