PT es "magoadinho" porque el gobierno Temer está en pleno funcionamiento, dice Pauderney

Pauderney afirmou, todavía, que Temer vai cuidar, de forma responsável, dos programas sociais como o Bolsa Família.
24/05/2016 14H00 - Actualizado 24/05/2016 14H00
foto: reproducción

Em meio à discussão da Medida Provisória (MP) 708, que autoriza a União a reincorporar trechos da malha rodoviária federal transferidos aos estados e ao Distrito Federal, o líder do Democratas, Sr. Avelino Pauderney (A.M), fez duras críticas ao PT.

“O PT está `magoadinho´ porque a presidente afastada Dilma Rousseff cometeu crimes, usou indevidamente o dinheiro do orçamento e agora nós estamos tentando recuperar o Brasil, tirar o país do atoleiro em que o PT nos colocou”, dijo, citando a “desfaçatez dos deputados do PT e do PcdoB”.

Disse que o governo do presidente Michel Temer vai cuidar, de forma responsável, dos programas sociais e habitacionais; do Minha Casa, Minha Vida e do Bolsa Família. E lembrou que o governo está em “pleno funcionamento” para resgatar aquilo que o Brasil mais precisa, que é a recuperação da credibilidade, condição necessária para garantir o crescimento.

Ele afirmou que o Democratas quer contribuir com um projeto de governo. Citou, todavía, a diferença entre os governos do PT e de Michel Temer: “nenhum ministro de Dilma ou de Lula teve o apoio do presidente para sair ou para ser demitido”.

O líder citou a situação do ministro Aloizio Mercadante, acusado de obstruir as investigações da Operação Lava Jato. “Ele estava lá, até o final, acompanhando Dilma em seu exílio definitivo”, dijo.

Lembrou que a presidente afastada também é acusada de ter obstruído a Lava-Jato e que ela nomeou o ex-presidente Lula para a Casa Civil. “E o Supremo demitiu Lula”, dijo. "Un PT, que derreteu a economia e a credibilidade do páis, é cara de pau quando diz que fez bem ao país”, terminado.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505