• Moro manda soltar quatro investigados da Lava Jato

    Em troca de liberdade, o juiz estabeleceu medidas cautelares, como comparecimento a todos os atos processuais e de investigação aos quais forem chamados.
    08/07/2016 16h07 - Actualizado 9/07/2016 13h14

    Foto: reproducción


    O juiz federal Sérgio Moro concedeu hoje (8) liberdade a quatro presos na Operação Abismo, a 31ª fase da Lava Jato, deflagrada na segunda-feira (4). Moro atendeu pedido dos investigadores da Polícia Federal e também entendeu que não há necessidade da prorrogação da prisão temporária, válida por cinco dias.

    Con la decision, serão libertados Genésio Schiavinato Júnior (diretor da empresa Construbase), Edison Freire Coutinho (ex-diretor da empreiteira Schain), Erasto Messias da Silva Júnior (empresário) e Roberto Ribeiro Capobianco (presidente da empresa Construcap).

    Em troca de liberdade, Moro estabeleceu medidas cautelares, como comparecimento a todos os atos processuais e de investigação aos quais forem chamados. En la decision, o juiz alertou que o descumprimento da medida acarretará na expedição de mandato de prisão preventiva.

    A Operação Abismo investiga desvios em licitações para a reforma do Cenpes (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello, da Petrobras), en Río de Janeiro, onde são feitos estudos sobre a exploração em águas profundas.

    Fuente: Exame.com


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso