• ‘Se queriam me tirar da disputa em 2018, isso não era preciso’, diz Lula após virar réu

    O petista afirmou que não existe ninguém no Brasil que seja mais cumpridor da lei do que ele.
    30/07/2016 13h49 - Actualizado 30/07/2016 15h00

    Foto: reproducción


    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva insinuou nesta sexta-feira, 29, durante evento em São Paulo, que, quanto mais tentam tirá-lo da disputa presidencial de 2018, mais ele tem vontade de concorrer.

    A declaração de Lula foi feita após ele ter virado réu na Justiça por suspeita de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato.Se o objetivo de tudo isso é me tirar de 2018, isso não era necessário, a gente escolheria outro candidato mais qualificado”, acrescentou o ex-presidente.

    O petista afirmou que pretende brigar até o último dia de sua vida e que não vai se calar diante de ameaças além disso, Lula afirmou que não existe ninguém no Brasil que seja mais cumpridor da lei do que ele.

    De acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o ex-presidente teria participado de uma tramóia para comprar o silêncio do ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró.

    Fuente: Escribiendo POST AM


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso