• Silas Câmara propõe a implantação do BRT em Manaus

    Segundo o plano de governo registrado no TRE, Manaus terá apenas dez secretarias na gestão de Silas e Coronel Amadeu.
    24/09/2016 13h16 - Actualizado 24/09/2016 13h16

    Foto: divulgar


    O candidato a prefeito de Manaus, Silas Câmara, apresentou suas propostas e o plano de governo registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRES) por todos os bairros de Manaus. Um deles é sobre qual sistema de mobilidade urbana que será utilizado na sua gestão na prefeitura: o Bus Rapid Transit (também conhecido como BRT).

    “Os ônibus terão um corredor exclusivo bem feito, que vai funcionar corretamente e não da maneira como está aí. Semáforos inteligentes também darão velocidade ao deslocamento. Mas o mais importante, transparência total na planilha para a população saber de verdade quanto custa a tarifa e melhorar a segurança tanto nos ônibus quanto nos terminais”, fijado.

    Ainda segundo o plano de governo, Manaus terá apenas dez secretarias municipais na gestão de Silas e Coronel Amadeu. Umas delas será a Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Assuntos Fundiários, que vai implantar o projeto Infra Manaus.

    Além de recuperar e ampliar os sistemas viários dos bairros, vamos realizar um diagnóstico do Plano de Saneamento Atual, estabilizar o sistema de abastecimento e distribuição de água, e adotar o modelo de energia solar nas novas obras do município, de modo que o excedente de energia produzido seja disponibilizado gratuitamente às comunidades carentes de Manaus”, finalizou Silas.

    Nesta sexta, a coligação Somos Todos Manaus cumpriu uma agenda intensa. Começou com uma entrevista para a rádio comunitária A Voz das Comunidades. En seguida, uma visita ao Arcebispo de Manaus, dom Sergio Castriani. Ainda na manhã desta sexta, outra entrevista, desta vez para a TV Amazonas e ao G1 Amazonas.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso