O Rappa traz nova turnê a Manaus

O show da banda será neste sábado no Studio 5.
03/12/2016 16h00 - Actualizado 3/12/2016 16h07

Foto: divulgação


Liderado por Marcelo Falcão, o Rappa volta a Manaus. O grupo se apresentará na cidade neste sábado (3), no Studio 5, com o show de sua nova turnê, “Acústico Oficina Francisco Brennand”. Nesse trabalho, eles usam instrumentos diferentes nos arranjos, como uma guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e os steel drums (tambores de aço), muito usados na música caribenha. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, afirma o guitarrista Xandão.

O DVD, dirigido por Lírio Ferreira, também apresenta novidades: é filmado de forma inovadora, com cenários em diferentes lugares do Recife e também com intimidades de palco, camarim e até um passeio de barco. O Rappa também conta com participações de artistas de Pernambuco no novo trabalho, como o rapper RAPadura, Rafinha Bravoz, e de João do Pife e Marcos do Pífano. “É um acústico diferente, para cima”, finaliza Falcão.

A banda
Fortalecido pelo reconhecimento nos palcos (dos quais praticamente nunca saiu), O Rappa entrou para o seleto grupo de bandas que transcenderam seus 20 anos de estrada. Com mais de 3 milhões de discos vendidos em sua carreira, O Rappa, formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, hoje é uma banda que representa o grito das ruas, as emoções do cotidiano difícil, o apreço pela vida digna. São dez álbuns lançados, muitos prêmios conquistados (são recorde de prêmios em videoclipes até hoje) e diversos discos de ouro, platina e diamante, além de muita história para contar.

O mais novo capítulo aconteceu em Recife, cidade com que a banda tem uma relação desde os tempos do Festival Abril Pro Rock e que se mantém até hoje com o sucesso absoluto dos últimos shows na região, como o do Marco Zero, durante o Carnaval de 2015.

Recentemente, O Rappa lançou um CD e DVD ao vivo gravado na Oficina Brennand, em Recife. Os quatro integrantes se apresentam numa lindíssima galeria de arte a céu aberto, que pela primeira vez recebeu um show desse porte, para gravar o primeiro eletroacústico do grupo.

O repertório traz 17 músicas, incluindo quatro inéditas e clássicos dos álbuns “Nunca Tem Fim” e “Sete Vezes”, sem deixar de fora hits da carreira do grupo. A histórica oficina abriga as criações do escultor e artista plástico Francisco Brennand, de 89 años, que esteve presente nas gravações e deu sua “benção” ao novo projeto d’O Rappa.

No CD e DVD, o grupo usa instrumentos diferentes nos arranjos, como uma guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e os steeldrums (tambores de aço), muito usados na música caribenha. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, afirma o guitarrista Xandão, em texto divulgado para a imprensa. O DVD dirigido por Lírio Ferreira (O Baile Perfumado) é filmado de forma diferente, com cenários que se seguem em diferentes lugares de Recife, e também em intimidades de palco, camarim e barco. Um registro histórico muito interessante, pela riqueza das obras e palavras de Brennand que transcendem o seu tempo, pela riqueza artística d’O Rappa e seus convidados especiais da região (rapper RAPadura, Rafinha Bravoz e de João do Pife e Marcos do Pífano).

Por sua coerência musical e postura engajada, O Rappa permanece sendo uma das mais influentes e respeitadas bandas da música brasileira contemporânea. Seus integrantes têm lutado contra a desigualdade social, atuando em diversas frentes, seja no financiamento de projetos que estimulem a inclusão de jovens colocados à margem da sociedade ou no recrutamento de atores de comunidades carentes para participar de seus clipes.


*** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


Facebook

economía

Contacto Terminos de uso