Vereadores decidem não aumentar seus salários em 2017

A decisão foi tomada em reunião na manhã desta segunda-feira (5), na CMM.
05/12/2016 13h48 - Actualizado 5/12/2016 13h48

Foto: Tiago Correa/CMM


los 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) decidiram após reunião realizada na manhã desta segunda-feira (5), que não votarão proposta de reajuste dos seus salários para o ano de 2017. Para que ocorresse o aumento os parlamentares teriam que aprovar uma lei até o final deste ano, quando termina a atual legislatura.

Atualmente os vereadores recebem salário de R$ 15 mil, sem contar com a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP), que é no valor de R$ 14 mil e outros benefícios.

Com a decisão coletiva, os vereadores esperam agradar a sociedade, que anda desacreditada nos políticos que têm. A justificativa maior para o não reajuste é o orçamento, segundo o presidente da CMM, vereador Wilker. A Câmara Municipal de Manaus é a maior Casa Parlamentar da região norte atualmente.

Barreto afirmou ainda na reunião, que realizará uma reforma administrativa, cortando gastos e despesas para o próximo ano.

Fuente: Escribiendo POST AM


*** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


Facebook

economía

Contacto Terminos de uso