Joven denunció la violación de su propio hijo de cuatro años se lleva a cabo en Manaus

Según la policía los abuelos del niño buscaban las autoridades para formalizar la queja en enero 2016.
14/02/2017 16h23 - Actualizado 14/02/2017 16h23
foto: revelación

La Policía Civil de Amazonas, cumpriu na tarde de segunda-feira, día 13, por la volta 13h, en el este de la ciudad, mandado de busca e apreensão em nome de uma estudante de 18 años, por violación vulnerables, cometido contra o próprio filho, uma criança de quatro anos.

De acuerdo con el delegado, Elizabeth de Paula, os avós da criança procuraram a polícia para formalizar a denúncia em janeiro de 2016. Logo em seguida foram iniciadas as investigações em torno do caso.

O mandado de busca e apreensão em nome da estudante foi representado pela delegada Rita Tenório, então titular da Deaai. El documento fue emitido el 17 Enero de este año, pela juíza Rebeca de Mendonça Lima, do Juizado da Infância e da Juventude Infracional (JIJI). A jovem foi interceptada na casa do pai dela, en el este de la capital.

“No mandado constava o endereço da ex-companheira da infratora. Nós a notificamos para comparecer à especializada e ela nos informou a localização da estudante. Na época em que foram iniciadas as investigações em torno do caso a criança apresentava queimaduras e sinais de maus-tratos. Exame de conjunção carnal comprovou o estupro de vulnerável. Na época a infratora tinha 17 años ", explicou Elizabeth.

A jovem irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na Deaai, ela será apresentada ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso