SSP-AM comienza Ruta Segura 'proyecto en Manaus’ El entrenador Polo Industrial

El proyecto es una de las estrategias del sistema de seguridad para frenar los robos de autobús de transporte público en la capital.
22/02/2017 09h54 - Actualizado 22/02/2017 16h23
foto: Ney Menses/SSP-AM

La Secretaría de Seguridad Pública de la Amazonía (SSP-AM) lançou na terça-feira (21), el Centro de Comando y Control Integrados (CICC), o projeto “Rota Segura em Manaus”. El proyecto es una de las estrategias del sistema de seguridad para frenar los robos de autobús de transporte público en la capital, sendo que inicialmente será empregado como piloto nas rotas que transportam os trabalhadores do Polo Industrial de Manaus, o transporte especial.

De acordo com o secretário Sergio Fontes, o projeto foi adotado a partir de uma demanda do transporte coletivo. “Vamos começar pelo transporte do Distrito e posteriormente com o transporte público. Vamos usar tecnologias, como câmeras, bem como o patrulhamento intensivo nos locais onde as rotas param, para oferecer mais segurança a essas pessoas e ao transporte”, destaca Sérgio.

Dentro do projeto, é previsto o monitoramento por meio de câmeras instaladas dentro dos ônibus e nos pontos de espera dos funcionários, feito pelo Centro Integrado de Comando e Controle. Isso permitirá uma pronta resposta das polícias Civil e Militar, nos casos de ocorrências.

Outras ações previstas no Rota Segura são: los enfoques para la gente, prisão de infratores, apreensão de armas e drogas, recuperação de objetos furtados ou roubados e outros.

El Secretario Ejecutivo Adjunto de Planificación y Gestión Integrada, Coronel Dan Salón, explica que já existe um mapeamento das áreas com maiores ocorrências de assalto a rotas. “A partir desse mapeamento temos maior controle das áreas com maiores riscos de roubo e poderemos aumentar nossa pronta resposta. O objetivo é melhorar o nível de segurança em todas as rotas e essa estratégia não é apenas para o Distrito Industrial, ela estará disponível para o transporte coletivo em geral”, recalcó.

Segundo o representante do Centro das Indústrias do Amazonas (torrentparticles), João Mezari, a parceria deverá permitir maior tranquilidade aos colaboradores das empresas do Polo Industrial. “Atualmente temos por volta de 70 mil colabores, a grande maioria utiliza rota para a empresa e depois de volta para as suas casas, e queremos a partir dessa parceria, poder oferecer apoio ao Sistema de Segurança e minimizar a questão de roubo as rotas”, destacado.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso