• Afeam antecipa atendimento do Banco do Povo nas Calhas do Juruá e Purus devido cheia dos rios

    O objetivo é socorrer as atividades produtivas locais, empreendedores em geral que estão tendo prejuízos com a cheia dos rios da região.
    20/03/2017 16h45 - Actualizado 21/03/2017 10h22

    Foto: divulgar


    Os municípios das Calhas dos rios Juruá mais Parintins e do Purus tiveram a programação de atendimento do Banco do Povo, a linha de microcrédito da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (afea) antecipada. O objetivo, que segue determinação do governador do Amazonas, professor José Melo, é socorrer as atividades produtivas locais, empreendedores em geral que estão tendo prejuízos com a cheia dos rios da região.

    Para os municípios das duas calhas de rio, estão previstos investimentos da ordem de R$ 5,6 millones, com o financiamento de microcréditos de até R$ 15 mil. “O governador teve a sensibilidade de socorrer o comércio, as famílias de agricultores que estão perdendo o pouco que têm com o avanço da cheia e nos organizamos para antecipar a ida do Banco do Povo a essas localidades”, destaca o presidente da Afeam, Alex Del Giglio.

    Guajará, Ipixuna, Envira, Itamarati, Carauari e Juruá, localizados na calha do Juruá, e mais Parintins receberão os técnicos da Afeam e os parceiros da instituição, Sebrae e Idam, a partir del día 10 já do próximo mês de abril, dependendo do município (veja calendário abaixo). Em Pauini, Boca do Acre, Labrea, Tapauá, Canutama e Beruri, na calha do Purus, o atendimento será a partir de 15 de mayo, conforme cronograma da Agência de Fomento, explica o Diretor de Crédito da Afeam, Jacques Douglas.

    Segundo a Defesa Civil do Estado, municípios da calha do Rio Juruá, como Carauari, Envira e Juruá estão em situação de alerta. Conforme a Federação da Agricultura do Estado do Amazonas (Faea), a produção agrícola, principalmente de hortaliças e frutas são as mais afetadas pela cheia dos rios nesse ano. Com o comércio nas sedes municipais não é diferente. Caso o nível dos rios continue subindo na velocidade atual, a pecuária de várzea também será afetada.

    Mais microcrédito em 2017
    A ação itinerante do Banco do Povo da Afeam iniciou em fevereiro, com o atendimento dos municípios da calha do Alto Solimões. Neste mês de março, os técnicos da Agência de Fomento atendem os municípios das calhas Rio Negro/Solimões e mais o município de Presidente Figueiredo.

    Para este ano, a Afeam destinou R$ 66 milhões para o microcrédito do Banco do Povo, sendo R$ 21 milhões para ações em Manaus e R$ 45 milhões no interior do Estado, com previsão de atender em torno de 15 mil empreendedores. En el último día 10 de marzo, a Afeam realizou a primeira liberação de crédito do Banco do Povo deste ano, a maior já realizada em um único dia. Com a presença do governador, professor José Melo, 269 microempreendedores receberam em torno de R$ 1,5 millón.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso