• Agências da Caixa abrem mais cedo nesta segunda-feira para saques do FGTS

    En todo, 4,8 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro têm direto a sacar o saldo.
    12/03/2017 14h28 - Actualizado 13/03/2017 10h47

    Foto: reproducción


    Nesta segunda e terça-feira (13 mi 14), todas as agências Caixa Econômica federal abrirão duas horas antes, o sea, a las 9 am, para fazer o atendimento sobre contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). En todo, 4,8 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro têm direto a sacar o saldo.

    Según Caixa, no primeiro dia de saques das contas inativas do FGTS, en viernes (10), 1, 4 milhões de trabalhadores sacaram R$ 1,8 bilhão, seja em agências, caixas eletrônicos ou lotéricas. Outros R$ 2 bilhões foram depositados automaticamente nas contas de quem é cliente do banco.

    En este sabado (11), a Caixa abriu 1.841 agências em todo o Brasil, das 9h às 15h, para atender somente questões relacionadas às contas inativas do FGTS.

    Pode sacar a quantia parada em contas inativas quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 diciembre 2015. Desde sexta-feira, têm acesso aos recursos somente aqueles que nasceram em janeiro e fevereiro.

    De acordo com o calendário divulgado pelo governo, será liberado o dinheiro dos nascidos em março, abril e maio a partir de 10 de abril. En 12 de mayo, é a vez de quem nasceu em junho, julho e agosto. Os aniversariantes de setembro, outubro e novembro poderão sacar os valores a que têm direito a partir de 16 de junio. Por fin, a partir de julho será liberado o dinheiro dos nascidos em dezembro.

    No total, Ahi esta 49,6 milhões de contas inativas aptas a ter os valores liberados. A expectativa do governo é que, ao resgatar o dinheiro parado, os trabalhadores injetem mais de R$ 30 bilhões na economia.

    Fuente: Agencia Brasil


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso