Alessandra Campelo presenta enmienda que pretende obstaculizar las compañías de liquidación en el PM

La enmienda propone desbaratar las compañías de liquidación y su entrada en la amnistía.
21/03/2017 17h57 - Actualizado 22/03/2017 11h03

foto: revelación


El representante del estado, Alessandra Campelo (PMDB), apresentou uma emenda que basicamente pretende burocratizar a regularização de empresas no Amazonas.

Se aprovada a emenda pode ser um tiro no pé da economia do estado pois em momento de crise é muito importante que se permita que as empresas regularizem o mais rápido possível sua situação fiscal para que produzam com regularidade.

Segundo a emenda para as empresas entrarem na anistia e terem direito ao benefício da dispensa de multas punitivas e juros dos créditos tributários do Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS), do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) terão que apresentar certidão trabalhista e encargos sociais.

O deputado e relator, Platiny Soares, deu parecer contrário a emenda por achar que ela inviabiliza a regularização das empresas e sua entrada na anistia.

Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


Facebook

economía

contacto Condiciones de uso