• Balsa do prefeito de Nhamundá usada para crime ambiental é apreendida pela Polícia Federal

    Um esquema especializado na extração ilegal de seixo no leito do rio Nhamundá, na fronteira com o Estado do Pará foi desarticulado.
    15/03/2017 16h47 - Actualizado 16/03/2017 10h16

    Foto: divulgar


    A Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) desarticularam um esquema especializado na extração ilegal de seixo no leito do rio Nhamundá, na fronteira com o Estado do Pará que envolvia o prefeito de Nhamundá, Nenê Machado (Pros).

    Foi apreendido no município paraense de Faro um verdadeiro arsenal e maquinário especial usados para a atividade fim, como dezenas de armas de fogo de grosso calibre – submetralhadoras, rifles, pistolas e espingardas –, armas brancas e também uma balsa, um rebocador e duas dragas.

    As armas foram encontradas dentro da balsa de propriedade do prefeito de Nhamundá, que confirmou ser dono dos equipamentos, mas negou propriedade das armas. As armas eram usadas para escolta, para garantir a atividade ilegal de extração de seixo no leito do rio Nhamundá.

    Ezaney Rocha dos Santos, 46, e Ronildo Pereira de Oliveira, 33, foram presos por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso