Negro Chico alerta a un posible cártel de agua mineral embotellada en Manaus

Segundo o parlamentar a prática entre as distribuidoras denota-se o possível favorecimento entre empresas.
28/03/2017 15h33 - Actualizado 29/03/2017 10h53

foto: revelación


Durante o plenário desta manhã de terça-feira (28) El concejal Chico Negro (PMN) levou à tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) o assunto que vem mexendo com o bolso do consumidor manauara sobre a compra do garrafão de água mineral, deixando o cidadão ‘amarradopara comprar apenas de determinadas firmas de água.

Segundo o parlamentar a prática entre as distribuidoras denota-se o possível favorecimento entre empresas. “Estão tentando consolidar na cidade a ideia que o consumidor de água mineral, o qual precisa comprar diariamente tanto para a casa, repartições públicas e privadas, de que não podem mais adquirir a bebida mineral com o garrafão na distribuidora “x” com a marca “y”. Fazendo que este cidadão desloque-se para outras distribuidoras ou praticamente obrigando o consumidor comprar o garrafão daquele local”, dijo el concejal.

O vereador propôs aos colegas parlamentares e que a Comissão de Defesa do Consumidor (COMDEC) da CMM, venham unir-se a favor para dar as devidas providências sobre o caso. “Tenho a convicção que, com o compromisso e presteza do vereador Álvaro Campelo (PÁGINAS), a Câmara fará muito em breve reunião com esses fabricantes. Há uma ação destes produtores que querem cartelizar a venda da água”, Chico concluyó Negro.

Há muitas reclamações e denúncias divulgadas nas redes sociais sobre o assunto. A partir dessas reclamações, El concejal Chico Negro (PMN) tomou a iniciativa para estimular a Casa Legislativa a tomar uma posição incisiva de fiscalização sobre esse tema.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso