• Comando Geral da PMAM reativa o policiamento a pé, em dupla, conhecida como Cosme e Damião

    A reativação acontece nesta segunda-feira (20).
    19/03/2017 15h18 - Actualizado 20/03/2017 12h00

    Foto: reproducción


    O Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas promove a partir das 9h desta segunda-feira (día 20), na Praça Heliodoro Balbi, popularmente chamada como Praça da Polícia, a reativação do policiamento a pé, em dupla conhecida como Cosme e Damião, com o objetivo de ampliar a segurança nas ruas do Centro da cidade, principalmente, nas áreas mais movimentadas como as paradas de ônibus, proximidades de bancos e casas lotéricas, escolas, faculdades, praças, parques, pontes, supermercados e feiras, assim como dar proteção ao patrimônio público e privado, incluindo aí os monumentos históricos do Centro da Capital amazonense.

    A Dupla Cosme e Damião estará sob o comando da 24ª CICOM, unidade de policiamento que mantém a segurança do Centro da Cidade e será inicialmente formada por um pelotão de 30 (treinta) policiais militares, que atuarão com policiamento a pé ostensivo, desde a orla do Rio Negro até as cercanias do Boulevard Álvaro Maia.

    A reativação faz parte da polícia comunitária do Comando da PM, e atende também a pedidos de comerciantes desta área da cidade. Com o reforço do policiamento, o centro da cidade terá seu patrulhamento reordenado garantindo ainda mais a segurança da população.

    Histórico A Dupla Cosme e Damião surgiu como uma ferramenta de trabalho de segurança pública, no primeiro governo do Governador Plínio Ramos Coelho, (1955/59), quando a Polícia Militar do Amazonas era comandada pelo Tenente-Coronel PM Cleto Veras.

    A ação de policiamento a pé em dupla existiu até o ano de 1972, sendo substituída naquela ocasião pelo policiamento motorizado chamado como Rádio Patrulha.

    Foi reativado na década de 1990 e depois, voltou a fazer parte da Polícia Militar em 2015. A atual reativação é uma forma de trazer de volta um policiamento interativo que garanta a segurança de moradores do Centro e das pessoas que se dirigem aquela área da cidade, seja para trabalhar, estudar ou fazer qualquer outra atividade na região mais movimentada de Manaus, o Centro Histórico.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso