Dio yaca: Fuera de la ley IPAT Brayan Bremer se entrega a la policía

Después de casi tres meses de libertad, el detenido - que escaparon a través de un túnel y publicó fotos en Facebook en el bosque y comer sandía.
30/03/2017 15h44 - Actualizado 31/03/2017 09H47

foto: revelación


O fugitivo do Amazonas mais procurado e comentado nas redes sociais nos últimos meses, Brayan Bremer Quintelo Mota voltou ao Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT), no km 8, da rodovia Br-174, en la tarde del miércoles (29). Después de casi tres meses de libertad, o detento – que fugiu por um túnel e publicou fotos no Facebook no meio da mata e comendo jaca – se apresentou voluntariamente na unidade prisional acompanhado de um advogado.

De acordo com o advogado do detento, Cândido Honório Soares Ferreira Neto, a mãe do ex-foragido da Justiça o ligou na última terça-feira (28) e solicitou uma reunião para discutir o caso do filho. Bryan alegou que fugiu do Ipat porque temeu ser morto durante a rebelião.

Durante este período, Bremer estava na casa de familiares em Manaus. Ele confessou que saia de casa, mas não com frequência, pois podia ser reconhecido. O fugitivo disse ainda que ficou impressionado com a repercussão do caso na imprensa e, principalmente, en las redes sociales.

en un comunicado, el Departamento de Administración Penitenciaria del Estado (SEAP) informou que Brayan Bremer será encaminhado para o Ipat. Condenado a 7 anos de prisão por tráfico de drogas, ele ficou conhecido pela mídia ao postar algumas fotos em seu perfil no Facebook comemorando a fuga do Ipat no dia 1° de janeiro deste ano.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


Facebook

economía

contacto Condiciones de uso