• Líder de facção criminosa e comparsa são presos com 2 kg de maconha

    Segundo a polícia o infrator comandava o tráfico de drogas e fornecia armas de fogo na zona Norte da capital.
    28/03/2017 15h48 - Actualizado 29/03/2017 10h53

    Foto: divulgar


    Ismale Reis de Sena, 28, e sua comparsa, Mayara Abdon de Souza, 24, foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. A dupla foi apresentada na manhã desta terça-feira, día 28, durante coletiva de imprensa realizada às 10h30, no prédio da Delegacia Geral.

    De acordo com o delegado Paulo Mavignier, diretor do Denarc, a ação contou com o apoio de servidores lotados na Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). A autoridade policial ressaltou que Ismale é apontado como o líder, no Amazonas, de uma facção criminosa oriunda do Sudeste do país.

    Mavignier destacou que na noite de ontem as equipes policiais receberam uma informação de que o infrator estaria comercializando entorpecentes em uma residência no bairro Cidade Nova, en el norte. Os policiais se deslocaram até o local mencionado na delação e conseguiram interceptar Ismale em uma casa situada na Rua 58, Quadra 118, do bairro Cidade Nova.

    No momento da coletiva de imprensa o diretor do Denarc enfatizou que Ismale estava sendo procurado pela polícia há cerca de quatro anos. “Ele possui dois mandados de prisão preventiva em nome dele, para el narcotráfico y asociación para el narcotráfico, expedidos, respectivamente, por juízes da 1ª e 2ª Varas Especializadas em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecutes). As ordens judiciais correm em segredo de Justiça”, esclareceu Mavignier.

    No momento da abordagem ao infrator os policiais questionaram se havia drogas no local. Ismale informou que teria deixado com Mayara, aproximadamente, dois quilos de substância ilícita com aparência de maconha. Em ato contínuo, as equipes se deslocaram até a residência da jovem, localizada na Rua Santa Helena, Conjunto Amazonino Mendes, barrio Novo Aleixo, zona Norte, e encontraram a droga na casa da infratora. A jovem confessou, em depoimento, que recebia R$ 150 para guardar entorpecentes.

    O diretor do Denarc informou que o infrator comandava o tráfico de drogas na zona Norte da capital e, también, era responsável pelo fornecimento de armas de fogo naquela área da cidade. “Ismale tem envolvimento em várias mortes que ocorreram na cidade. Ele atuava em toda a zona Norte de Manaus e é considerado um indivíduo muito violento.

    Além dos mandados de prisão em nome dele, Ismale está sendo investigado em cinco Inquéritos Policiais (IPs), instaurado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), por participação na morte de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na capital”, afirmou o delegado.

    O coronel Álvaro Cavalcante, comandante do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM AM), esteve presente na coletiva de imprensa e discorreu sobre a importância da integração entre as Polícias Civil e Militar no combate à criminalidade no Estado.

    “Montamos uma força-tarefa envolvendo os policiais da Rocam e Denarc, com o apoio da Seai, e tivemos êxito na prisão de Ismale. Há uma integração entre as forças de segurança estadual, que vem resultando em várias prisões e apreensões de entorpecentes no Estado. É de extrema importância essa integração, para que possamos tirar de circulação esses indivíduos que causam um grande incômodo para a sociedade”, pontuou o comandante do CPE.

    Ao término dos procedimentos cabíveis no Denarc, Ismale e Mayara serão encaminhados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, na zona Sul.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso