• Professores do município e estado podem parar atividades amanhã (15)

    A paralisação é contra a reforma da Previdência, a lei municipal que proíbe o debate sobre gênero, racismo e cumprimento de data-base.
    14/03/2017 11h41 - Actualizado 14/03/2017 16h43

    Foto: reproducción


    Contra a reforma da Previdência, racismo, lei municipal que proíbe o debate sobre gênero nas escolas e reivindicando o cumprimento da data-base da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), professores da Rede Pública estadual e municipal prometem paralisar atividades em sala de aula nesta quarta-feira (15).

    A mesma paralisação ocorre simultaneamente em pelo menos 15 cidades do Amazonas, além de seguir manifestação nacional da categoria.

    A principal pauta da paralisação é o projeto de reforma da Previdência, uma vez que com a reforma os trabalhadores devem perder a aposentadoria especial.

    Fuente: Escribiendo POST AM


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso