Rotta endurece discurso con los hombres de negocios y carga mejoras en el Sistema de Transporte Colectivo de Manaos

As empresas de ônibus da capital têm até a próxima sexta-feira, 17, para apresentar uma solução para o problema da falta de troco no Sistema de Transporte Coletivo de Manaus.
15/03/2017 10h06 - Actualizado 15/03/2017 17h01

foto: Alex Pazuello / Semcom


Foi dado o ultimato. As empresas de ônibus da capital têm até a próxima sexta-feira, 17, para apresentar uma solução para o problema da falta de troco no Sistema de Transporte Coletivo de Manaus. O prazo foi estipulado pelo prefeito em exercício Marcos Rotta, durante reunião com todos os órgãos envolvidos na questão, celebrada el martes, 14, en el Ayuntamiento, en el lado oeste de la ciudad.

Endurecendo o discurso com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), o prefeito determinou ainda que já no próximo mês (abril) comecem a ser introduzidos novos veículos no transporte de passageiros, aumentando de 200 para 300 ônibus a meta estipulada para a renovação da frota até o final deste ano.

“Queremos soluções. Ou se cria um vale do transporte público ou o Sinetram vai ter que colocar mais moedas em circulação. O fato é que até sexta-feira eu quero uma resposta plausível para ser apresentada à população”, Said Rotta. “A tarifa foi majorada em RS 3,80, atendendo ao pleito do sistema e a obrigação das empresas agora é de promover melhorarias. Fui muito claro, caso o Sinetram não ajuste o sistema, melhorando a prestação do serviço, iremos promover uma intervenção no transporte público e cancelar o reajuste da tarifa”, amenazados.

Segundo o Sinetram, todas as exigências serão atendidas. Fernando Borges, que é diretor jurídico do órgão, garantiu que equipes já estão trabalhando para até sexta-feira atender às exigências da prefeitura e da população. “Nossa preocupação é com os nossos usuários e com os nossos colaboradores, por isso já na próxima semana teremos a apresentação de cerca de 30 novos ônibus. Esses veículos já estão no Porto de Manaus e, a partir de ahora, iremos estabelecer um cronograma de renovação da frota, conforme o cronograma de fabricação”, publicado.

Outras melhorias

Entre as demais medidas que a Prefeitura de Manaus irá promover no sistema de transporte coletivo está ainda a transposição de linhas de ônibus da direita para a esquerda, além de fiscalizações mais intensas contra o transporte irregular. “Essas são medidas mais imediatas e que serão realizadas em curto prazo para oferecer um serviço melhor a população de Manaus, até que o prefeito possa, de hecho, colocar o transporte coletivo da cidade em outro patamar com um modal mais moderno e eficiente”, dicho superintendente de SMTU, Aldo Albuquerque, referindo-se ao desejo da prefeitura de implantar na capital o BRT e o Aeromóvel.

Ainda conforme Aldo, a SMTU já ampliou o seu contingente de fiscalizações para combater a clandestinidade. “Aumentamos em sete vezes mais o nosso efetivo de fiscais e começaremos a atuar imediatamente. Aquele veículo clandestino ou aquele que estiver irregular com seu credenciamento junto à SMTU será notificado ou apreendido”, prevenido.

Além do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), também participaram da reunião o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), la Superintendencia Municipal de Transporte Urbano (SMTU) y el Municipio de Manaus (CMM).


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


Facebook

economía

contacto Condiciones de uso