Amazonas se destacan en las competiciones regionales tenis de mesa y judo

Los atletas ganaron prominencia en el fin de semana pasado en Brasilia (DF) y Belén (Pensilvania).
25/04/2017 10h19 - Actualizado 25/04/2017 17h04
foto: colección personal

Sete atletas amazonenses conquistaram, El fin de semana, resultados de destaque em competições regionais de tênis de mesa e judô, disputadas em Brasília (DF) y Belén (Pensilvania), respectivamente. Israel Barreto, Maria Taba, Adriano Rodrigues, Rafaela Barbosa, Rafael Barbosa, Raifan Barbosa e Carolline Hernandez recebem apoio da Prefeitura de Manaus, a través de la Bolsa Municipal Atleta.

Competindo na capital federal pela Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste I, Israel Barreto, 40, foi campeão regional pelo Rating B e pelo Absoluto A, a categoria que reuniu os principais atletas da competição.

“Usei um pouco da experiência. Para mi, jogar contra esses meninos mais novos e ainda atuar no nível deles é uma honra. Quero agradecer a toda a equipe da confederação brasileira e também o apoio que eu tenho da Prefeitura de Manaus por meio do Bolsa Atleta”, declarou o amazonense.

Israel concilia as atividades de atleta, técnico e presidente da Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTAM). São treinos, competições e a rotina de dirigente. “Não faço tudo sozinho porque não dá, então delego as funções e o que precisa ser melhorado, mas sem força de vontade e amor seria difícil conciliar essas atividades todas. Meu objetivo é incentivar os mais novos a se dedicarem, terem disciplina e perseverança para que cheguem aonde atletas de destaque da nossa modalidade já chegaram”, dicho.

Além dos resultados de Brasília, cinco amazonenses conquistaram medalhas pelo Campeonato Brasileiro de Judô Regional I, realizado em Marituba (Pensilvania). Um dos destaques da competição, Maria Taba, 17, foi campeã no sub-21, pela categoria Meio Leve (a 52 kg) ao vencer por ippon a representante de Roraima, Ana Ferreira.

“Fiz três lutas pelo sub-21 e consegui encaixar um ippon na final contra a atleta de Roraima. Quero agradecer o apoio da Prefeitura de Manaus com o Bolsa Atleta que ajuda bastante na minha preparação”. Atualmente em segundo lugar no ranking nacional, a amazonense garantiu importantes pontos na classificação geral ao se sagrar campeã.

Maria também foi bronze pela categoria sênior e afirmou que fez sua luta mais importante ao enfrentar a campeã olímpica Sarah Menezes. “Foi um grande aprendizado, fizemos uma luta bem disputada, perdi para ela de wazari no golden score (tempo extra). Essa foi uma das melhores lutas que já disputei”, contou com empolgação.

experiencia

Também pelo Brasileiro de Judô, Adriano Rodrigues, 31, luta desde os sete anos e foi campeão regional pela categoria Meio Leve (a 66 kg), após vencer na final o atleta do Piauí, Lucas Ramos.

“Quem conhece a minha história e a minha vida sabe o que o Judô representa para mim tanto como atleta como ser humano. Quero agradecer a todos que torcem por mim e saibam que as boas energias de vocês estavam comigo no tatame em cada luta”, ressaltou o judoca.


tradición

Tradicional em Manaus dentro do judô, a família Barbosa fez bonito no Campeonato Brasileiro Regional I da modalidade. Os irmãos Rafaela, 24, Rafael, 23, e Raifan Barbosa, 26, além de Carolline Hernandez, 20, esposa de Raifan, conquistaram resultados de destaque.

O mais novo entre os irmãos, Rafael conquistou o primeiro lugar pela categoria Ligeiro (a 60 kg ao vencer na final Júlio Vilhena, do Amapá. “Consegui fazer boas lutas e estou satisfeito com o resultado. Agora vou focar no Troféu Brasil e no Campeonato Brasileiro, que valem ponto para o ranking nacional”, destacado.

“Estou contente com o meu resultado, mesmo em sétimo lugar conquistei pontos para o ranking nacional. Os setes melhores de cada categoria disputarão a seletiva para a seleção brasileira de Judô. Estamos trabalhando para ficar entre os sete”, declarou Raifan Barbosa.

Carolline Hernandez também foi campeã pela categoria Ligeiro (a 48 kg) após vencer na final Emilia Lopes, do estado do Ceará. “Foi uma boa luta, encaixei um ippon e venci a final. Conquistei uma boa pontuação para o ranking e agora é focar nas próximas competições”, dijo.
Rafaela Barbosa ficou em segundo lugar pela categoria Meio Leve (a 52 kg), após perder na final para a campeã olímpica Sarah Menezes.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505