Amazonino, Braga y otros dos candidatos no firman carta contra el fango en la campaña

De los ocho candidatos que disputarán la elección parcial para el gobierno del estado sólo cuatro firmado el documento.
24/06/2017 12h55 - Actualizado 25/06/2017 16h13
foto: reproducción

Los candidatos Amazonino Mendes (PTB), Eduardo Braga (PMDB), Marcelo Serafim (PSB), Wilker Barreto (PHS) Ellos no firmaron el viernes (23), la Unión de Periodistas (SindJor), uma carta-compromisso para que não façam o uso de caixa dois durante a campanha. A eleição suplementar acontece após a anulação do pleito anterior onde foi detectado a compra de votos, cassando o então governador José Melo (Pros), en mayo de este año.

Dos oito candidatos que irão disputar a eleição suplementar ao governo do Estado apenas quatro assinaram o documento que é uma iniciativa do Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois formado, formado por várias entidades da sociedade civil.

ayer por la mañana, compareceram à sede do SindJor, os candidatos a governo José Ricardo (PT), Liliane Araújo (PPS), Luiz Castro (red), com o vice João Victor Tayah (PSOL). Pela tarde, a candidata Rebecca Garcia (PÁGINAS) e seu vice Abdala Fraxe (Pode) assinaram os documentos.

O Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa 2 é ligado ao Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e deve promover ações ao longo da campanha eleitoral que iniciou no dia 20 e deve encerrar no dia 4 de agosto, segundo o advogado Márcio Araújo, representante da OAB.

Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso