El régimen penitenciario semiabierto mata a puñaladas ex esposa de marido

O homem não aceitava o fim do relacionamento com a ex-companheira.
21/06/2017 12h03 - Actualizado 21/06/2017 16h02
foto: jhonny (sospechoso) e Ederson (la víctima) Reprodução/D24am

El lunes (19), por volta das 19h na Rua Danilo Correa, bairro do Petrópolis, zona sur de Manaus, o auxiliar de refrigeração Ederson Paes da Silva, 33, foi morto com três facas desferidas por Jhonny Herculano da Fonseca, 20, preso do regime semiaberto. Ederson era marido da ex-mulher do presidiário e Jhonny teria o matado porque não aceitava o fim do relacionamento com a mulher identificada como ‘Adriele’.

O suspeito foi preso há quatro meses devido a assaltos praticados em micro-ônibus e estava há 15 dias cumprindo pena no regime semiaberto. O homem chegou a ser espancado pro vizinhos da vítima e levado para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, zona centro-sul e depois encaminhado para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs).

fuente: Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505