Edir Macedo defiende a los homosexuales y tienen pastores indirectos que critican la categoría

No seu programa de televisão, o dono da Record lembrou que os gays sempre existiram e que no tempo de Jesus Cristo eles também tinham seus relacionamentos amorosos.
14/07/2017 13h42 - Actualizado 15/07/2017 13h50
fuente: reproducción

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record TV, Edir Macedo, virou um dos principais temas do noticiário nesta quarta-feira (12). O motivo foi uma polêmica posição ideológica que o religioso deu durante o seu programa de televisão, o ‘Palavra Amiga’. De acordo com informações do site TV Foco, Edir mostrou-se a favor dos homossexuais e que não pode ter nada contra o público LGBT. É bom lembrar que Moyses Macedo, filho do pastor, já entrou em diversas polêmicas sobre uma suposta homossexualidade. el muchacho, que hoje assume posição importante na igreja, nega que goste de outros rapazes.

É comum em igrejas, por ejemplo, comentar-se durante os atos de pregação que o homem que se deita com outro não é digno do reino dos céus, o sea, que vai para o inferno. De acordo com #Edir Macedo, que terá sua vida contada em um filme, nem mesmo Deus seria capaz de fazer algo parecido.

No seu programa de televisão, o dono da Record lembrou que os gays sempre existiam e que no tempo de Jesus Cristo eles também tinham seus relacionamentos amorosos. Nem por isso, Jesus teria pregado qualquer bandeira contra o público LGBT. Por lo contrario, Cristo dizia que as pessoas deveriam amar as outras como a si mesmas. Durante su discurso, o líder da Universal acabou mandando indiretas para pastores que criticam o público GLS.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505