Ministro Celso de Mello determina reanudación de las elecciones directas en la mañana

Con la decisión, el Ministro no tiene efecto la medida cautelar la suspensión de las elecciones parciales. Elección se lleva a cabo el 6 de agosto.
07/07/2017 09H59 - Actualizado 7/07/2017 16h38
foto: reproducción

No final da noite da quinta-feira (6), Ministro de la Corte Suprema (STF) Celso de Mello julgou e tornou sem efeito a liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski que suspendeu a realização das eleições suplementares no estado.

ahora, devido a nova decisão, as eleições suplementares para o governo estão mantidas.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), o pleito ocorre no dia 6 de agosto, como já estipulado e que todo o processo para a realização das eleições não foi cancelado, diante da decisão de suspensão tomada por Lewandowski.

suspensión

No último dia 28 as eleições haviam sido suspensas por Lewandowski, após ação cautelar preparatória ingressada pelo vice-governador cassado, Henrique Oliveira (SDD). En su decisión, o ministro suspendeu asa eleições até a publicação dos embargos de declaração do acórdão que cassou José Melo e Oliveira.

A ação cautela que foi impetrada por Henrique foi extinguida por Celso Mellorestaurando, integralmente, de ese modo, (…) a plena eficácia do acórdão do Tribunal Superior Eleitoralque determinou a cassação de Melo e determinou a realização das eleições suplementares.

fuente: Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505