Rodrigo Maia ya promete a los aliados que no será candidato presidencial en 2018

Dijo que su prioridad será para elegir al padre, Cesar Maia, el Gobierno río.
13/07/2017 16h42 - Actualizado 13/07/2017 16h42
foto: reproducción

El presidente de la Cámara de Diputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já busca convencer líderes políticos de que não será candidato à reeleição caso substitua Michel Temer no cargo. Tenta assim diminuir a resistência de outros presidenciáveis a seu nome.

Ele chega a dizer que sua prioridade será eleger o pai, Cesar Maia, ao governo do Rio -o que o impediria até mesmo de assumir a Presidência de forma definitiva para não tornar o parente inelegível. Quase ninguém acredita na conversa.

Se acabar eleito presidente da República de forma indireta, Maia teria três opções: sair já em abril para concorrer a outro cargo, como exige a lei; não concorrer a nada, como promete; ou tentar se reeleger, o que todos consideram líquido e certo.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505