la defensa civil hace que la cartografía de las zonas de alto riesgo de deslizamientos en Manaus

Foram identificadas mais de 800 moradias vulneráveis em áreas de risco geológico muito alto na cidade.
30/08/2017 11H00 - Actualizado 30/08/2017 11H00
foto: revelación

O último levantamento da Defesa Civil de Manaus e do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) identificou mais de 800 moradias vulneráveis em áreas de risco geológico muito alto na cidade. A maioria está concentrada nas zonas norte e leste.

Como forma de prevenção e para atualizar esse mapeamento, os dois órgão iniciaram nesta semana uma ação integrada nessas localidades.

As vistorias vão servir para a elaboração da Carta Geotécnica de Manaus, que tem o objetivo de monitorar todas as áreas da capital amazonense onde há possibilidade de deslizamentos e desabamentos.

O secretário executivo da Defesa Civil, Cláudio Belém, destacou o trabalho feito em parceria com diversas secretarias municipais, além do Serviço Geológico do Brasil.

“Com os dados que a gente teve da chuva de 2016 a gente resolveu iniciar logo as vistorias nas áreas de risco muito alto de Manaus. De posse desse mapeamento, a gente está visitando essas áreas. Fizemos uma reunião com secretarias para que elas façam uma avaliação nas áreas, para saber se tem lixo, problemas de drenagem, para fazer um trabalho mais completo”, disse Belém.

Quinze bairros com áreas de risco na capital amazonense serão visitados nos próximos dias: amanecer, Ciudad de Dios, Colonia de Terranova, compensa, estudiantes, Flores, Gilberto Mestrinho, Jorge Teixeira, Mauazinho, nueva Ciudad, nueva Aleixo, Petrópolis, San Jorge, São Raimundo e Tancredo Neves.

Bianca Paiva – Agencia Brasil


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso