El presidente del TSE recibe paquete sospechoso y acciona la bomba de agrupación

El remitente envía al juez un paquete que contenía el nombre del traidor Minas conspiración.
28/08/2017 17h16 - Actualizado 29/08/2017 10h20
foto: Dorivan Marina (STF)

O gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, recebeu uma curiosa encomenda. Como remetente do pacote constava o nome de um dos mais famosos traidores da história do Brasil, o coronel português Joaquim Silvério dos Reis, que no final do século 18 participava da Inconfidência Mineira ao mesmo tempo em que acumulava pendências financeiras com a Coroa.

A primeira providência do estafe do magistrado foi despachar a encomenda para o raio-x do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que o ministro preside. El aparato, sin embargo, não conseguiu decifrar o pesado e misterioso conteúdo da tal caixa, feita de material maciço.

Como ninguém ali se atreveu a pegar uma tesoura e abrir a embalagem, um grupo antibombas da polícia foi acionado.

Depois de alguns procedimentos, o pacote foi aberto, sem que nenhuma ameaça à integridade física das pessoas fosse detectada.

O remetente que usou o nome do traidor da Inconfidência enviou ao magistrado um amontoado de moedas de reais, de pequeno valor. Não deixou nenhum bilhete.

seguridad
Gilmar afirma não ter receio, mas quem o vê atualmente circulando pelo Supremo percebe uma mudança de postura, pela quantidade seguranças que o acompanham.

“Meu pessoal acompanha, e se vê maior seriedade comunica a polícia. Eu lido com naturalidade com protestos, reclamações e vaias”, respondeu à reportagem.

“Eu ando hoje com segurança por recomendação. Muitas vezes saio sozinho e sou sempre bem tratado. Ainda agora, en Lisboa, tirei várias selfies com brasileiros”.

As moedas recebidas do traidor da Inconfidência acabaram doadas, segundo a assessoria do ministro, por ordem de Gilmar, para a Catedral de Brasília.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso