El manejo exitoso de David Almeida molesta oponentes políticos

Arthur Neto y Amazonino Mendes llevaron a cabo ataques directos en la gestión interina.
02/09/2017 14h49 - Actualizado 4/09/2017 11h58
foto: revelación

O sucesso e popularidade da gestão do governador interino do Amazonas, David Almeida, tem incomodado os caciques da política amazonense que visam as eleições 2018.

El Alcalde de Manaos, Arthur Neto (PSDB), tem desferido ataques contra a gestão interino desde antes da eleição suplementar e chegou a postar no Facebook uma carta aberta direcionada ao ministro, Ricardo Lewandowski, em que fez acusações contra David.

O governador eleito, Amazonino Mendes (PDT), protocolizou no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) há uma semana da votação do segundo turno uma ação para tornar David inelegível no próximo ano. Após a eleição o pedetista desistiu do processo mas foi ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) pedir o bloqueio de gastos do interino e a suspensões de licitações e outros atos de David.

Mesmo na interinidade da sua gestão, prevista para durar dois ou três meses, David Almeida, surpreendeu quem o considerava totalmente perdido e sem capacidade de administrar e colocar em prática ações destinadas a proporcionar melhores condições de vida à população. Conseguiu, com medidas simples como, por ejemplo, injetar recursos no mercado, “destravar a economia” e levar o Estado a desempenhar melhor o seu papel de indutor do desenvolvimento.

Otimizou os recursos disponíveis, renegociou grandes contratos, cortando gorduras concentradas – cerca de R$ 315 millón – em “acertos comerciais” destinados a beneficiar os “amigos prediletos” do poder. Azeitou a máquina da Secretaria de Fazenda (Se hace), que passou a arrecadar mais sem aumentar impostos ou promover o chamado “terrorismo fiscal”, sustentado pela ameaça de multas.

Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso wp: (92) 99344-0505