Josué Neto defiende la creación del centro para la prevención del suicidio en el Amazonas

El tema fue discutido durante un discurso en la campaña de prevención del suicidio, septiembre amarillo, en el suelo de Aleam.
12/09/2017 17h03 - Actualizado 12/09/2017 17h03
foto: Filipe Augusto

Sr. Joshua Neto (PSD) defendió, el martes (12), a criação da Central de Prevenção ao Suicídio no âmbito Amazonas, semelhante ao sistema Centro de Valorização da Vida (CVV). Trata-se de uma central telefônica que ficará disponível 24h por dia para oferecer apoio emocional a pessoas que estão pensando em tirar a própria vida.
El tema fue discutido durante un discurso en la campaña de prevención del suicidio, septiembre amarillo, el pleno de la Asamblea Legislativa del Amazonas (peligro), e recebeu apoio dos demais parlamentares da Casa.

Para Josué Neto é possível criar uma Central de Prevenção ao Suicídio com apoio de entidades públicas e privadas, entre elas universidades em que voluntários, profissionais e estudantes de psicologia poderiam auxiliar nos serviços. “Infelizmente nós não temos esse serviço no âmbito do Amazonas e nem na cidade de Manaus. Mas acredito que com o apoio de entidades privadas, e do próprio governo do Estado, isso será possível em breve. Esse movimento é um movimento pela vida, onde mais do que nunca deve-se ter o sentimento cristão de amar ao próximo”, dijo.

A medida recebeu o apoio dos deputados Luiz Castro que explicou que já conversou com o presidente do CVV, Robert Paris, para que fosse implantada aqui no Amazonas uma filial do serviço com o apoio da entidade, mas segundo ele ainda não existe local adequado, com linhas telefônicas, para a implantação da central. “Já existem vários voluntários que querem ajudar a salvar vidas. Precisamos apenas de uma sala e uma estrutura básica para isso”, afirmou Luiz Castro.

Josué Neto se comprometeu a encaminhar requerimento ao Governo do Estado e Prefeitura de Manaus, além de buscar apoio junto às companhias de telefone com atuação no Estado, para tentar tirar a Central do papel. “Quero me colocar a disposição para que a gente possa caminhar na direção de apoiar ao CVV e conseguir esse espaço”, dijo el representante.

O deputado Carlos Alberto, que também apoia a criação de políticas públicas estaduais de prevenção ao suicídio, informou que realizará uma audiência pública na Comissão de Jovens Crianças e Adolescentes para tratar sobre o tema.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) o suicídio é a segunda principal causa de mortes entre jovens com idade entre 15 mi 29 anos em todo o mundo. En total, hay 800 mil registros anuais. No Brasil foram cerca de 12 mil suicídios em 2016.

No Amazonas, o suicídio foi a causa da morte de 60 personas, de janeiro e julho de 2017, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). En el mismo período 2016, 64 pessoas tiraram a própria vida.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso