Vice-prefeito de Parintins usa prefeitura para eleger seu irmão a presidente do boi Garantido

Segundo funcionários coordenadores de setores estratégicos da Prefeitura foram orientados a fazer reuniões para ameaçar funcionários-sócios.
01/09/2017 09h09 - Actualizado 1/09/2017 16h11
foto: revelación

O vice-prefeito de Parintins, Tony Medeiros, está usando a estrutura da prefeitura para pedir voto para o irmão dele, Marco Aurélio Medeiros, que é candidato a presidente do boi Garantido. Tony, que é amo do boi Garantido, teria sido flagrado, inclusivo, telefonando para sócios do boi que são funcionários da prefeitura para pressionar servidores.

A pressão de Tony aumentou porque nesta sexta-feira (1º), é o dia do lançamento da chapa de Marco Aurélio.

Funcionários denunciaram que além da pressão de Tony Medeiros, que está como prefeito em Exercício, coordenadores de setores estratégicos da Prefeitura foram orientados a fazer reuniões para ameaçar funcionários-sócios. Uma das reuniões aconteceu na quinta-feira, día 31, no setor de Endemias.

Tanto as reuniões quanto os telefonemas do vice-prefeito perseguindo funcionários foram gravadas em áudio e sócios do Garantido ameaçam agora levar o caso para o conhecimento do Ministério Público.

Tudo na Prefeitura estaria acontecendo sem o conhecimento do prefeito Bi Garcia, que nesta questão bovina, tem agido como um grande líder, e magistrado, sem comprometer seu grupo político. O Bi Garcia está em São Paulo acompanhando seu pai que está em tratamento de saúde.


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso