• Amazonino dá prazo para secretários que pretendem se candidatar em 2018 saírem de seu governo

    O cacique afirmou que pedirá aos secretários que pretendem se candidatar que deixarem os quadros do governo neste final de ano.
    29/12/2017 14h48 - Actualizado 30/12/2017 15h06

    Foto: divulgar


    Escribiendo POST AM

    O governador Amazonino Mendes (PDT) afirmou que pedirá aos secretários que pretendem se candidatar nas próximas eleições a deixarem os quadros do governo neste final de ano. A declaração do cacique amazonense foi feita em entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura, na noite de quinta-feira (28).

    Eu vou pedir que todos (secretários) que forem candidatos para se ausentarem agora no final do ano”, afirmou o governador, ao destacar que não é possível governar pensando em eleição, o que resultaria numa administração imediatista e sem compromisso com políticas de médio e longo prazos para melhoria da qualidade de vida da população.

    Primeiro a sair
    O deputado estadual e ex-chefe da Civil Sidney Leite (Pros) deixou oficialmente o primeiro escalão do governo do Estado na noite desta terça-feira (27), após uma conversa com o governador.

    A saída de Sidney ocorre cerca de dois meses após ele assumir o cargo e se expandir no Executivo como um “supersecretário” porque além da Casa Civil, exercia uma função de secretário de governo.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso