• Reforma da Previdência divide opiniões na bancada do Amazonas

    Dos oito deputados apenas Pauderney Avelino (DEM) se posicionou a favor até o momento.
    11/12/2017 18h02 - Actualizado 12/12/2017 16h57

    Foto: AM POST


    A bancada do Amazonas na Câmara dos Deputados em Brasília está dividida sobre a Reforma da Previdência. Em levantamento feito pelo jornal O Estadão de S. Paulo. apenas Pauderney Avelino (DEM) se posicionou a favor até o momento.

    Dos oito deputados, apenas dois já revelaram voto contra: Alfredo Nascimento (PR) e Silas Câmara (PRB).

    Ainda segundo o Estadão, Átila Lins (PSD) se diz indeciso, Carlos Souza (PSDB) não quis responder ao questionamento e Hissa Abrahão (PDT) e Conceição Sampaio (PP) não foram localizados pelo jornal no dia da consulta realizada entre os dia 6 mi 8 de dezembro. Sabino Castelo Branco (PTB) não foi ouvido porque está afastado do cargo desde agosto quando sofreu um AVC.

    O governo Temer corre contra o tempo para aprovar na Câmara ainda este ano uma versão mais enxuta da reforma da Previdência. Para isso, precisa de 308 votos de 512 deputados – Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Casa, não vota – em dois turnos.

    O principal ponto da proposta de emenda à Constituição (PEC) é a fixação de idade mínima de 65 años (homens) mi 62 (mulheres) para se aposentar no Brasil. Para angariar apoio dos deputados, o governo abriu os cofres públicos. Hasta ahora, sin embargo, apenas dois partidos (PMDB e PTB) decidiram obrigar seus deputados a votar a favor do texto.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso