• Seminf culpa Manaus Ambiental de cratera aberta na rua Pará e diz que obra não tem prazo para terminar

    Segundo Seminf a cratera se abriu após o rompimento de uma rede de distribuição da concessionária de água da Manaus Ambiental.
    18/12/2017 15h48 - Actualizado 19/12/2017 16h06

    Foto: reproducción


    Escribiendo POST AM

    O subsecretário da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Antônio Peixoto, em entrevista à TV A Crítica disse que após avaliação foi constatado que cratera que se abriu neste domingo (18) na rua Pará, na esquina com a avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul da capital aconteceu após o rompimento de uma rede de distribuição da concessionária de água da Manaus Ambiental.

    Antônio Peixoto disse ainda que tem um prazo para terminar a obra de reparo da cratera. “Encontramos maiores dificuldades por conta da interferência da rede de gás. A obra teria andado mais depressa se não fosse por isso. Então para não causar prejuízo e garantir a segurança dos servidores, estamos levando no tempo necessário”, disse o subsecretário, explicando que a primeira parte dos serviços será retirar o barro prejudicado pelo rompimento.

    Os trabalhos de reparo da cratera já iniciaram e foi preciso abrir um buraco ainda maior na via tomando toda a extensão de largura da rua Pará naquele trecho.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso