“Participar de uma fraude eu não vou”, diz Arthur ao desistir de concorrer à presidência da República

Ao anunciar sua desistência, Arthur fez declaração fulminante contra, Geraldo Alckmin, seu rival na disputa pelo cargo.
24/02/2018 14h44 - Atualizado em 26/02/2018 16h55
Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), resolveu desistir das prévias do PSDB para escolha de candidato à Presidência da República vaga que disputaria com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. A informação foi divulgada ontem (23) pelo jornal Folha de São Paulo.

O tucano disse que vai explicar de forma clara porque desistiu de concorrer do cargo que para ele era tão importante. “Participar de uma fraude, eu não vou, não. Vou dar uma explicação bem clara ao país dos porquês. Por mais que eu soubesse que eu poderia [disputar], seria uma coisa menor”, disse o prefeito de Manaus.

Ao anunciar sua desistência, Arthur Neto – no seu melhor estilo – fez uma declaração fulminante contra o colega tucano. “Conheci um dos homens públicos menos sinceros e mais capazes para a desfaçatez e fingimento em 40 anos de vida pública”, disse. Esta semana, o prefeito de Manaus havia acelerado as críticas ao governador de São Paulo.

As prévias dos tucanos estavam marcadas para março. Artur queria o envolvimento dos 1 milhão de filiados na escolha, com debate na principais capitais do país. Alckmin era contra e ficou “cozinhando” a proposta até hoje sexta-feira.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso