• Campanha já arrecadou mais 32 toneladas de alimentos

    As doações são destinadas as famílias afetadas pela cheia.
    10/04/2015 07h10 - Atualizado em 10/04/2015 09h27

    Foto:Divulgação


    O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas já contabiliza mais de 32 toneladas de alimentos não perecíveis doados por instituições e populares à campanha “Governo Solidário: faça parte dessa corrente você também”. O material reforça o apoio humanitário do Estado às famílias afetadas pela enchente em 14 municípios que estão em anormalidade (Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública) nas calhas do Purus, Juruá e Alto Solimões.

    “Nós acreditamos na solidariedade dos Amazonenses. Só esta semana foram quase 11 toneladas arrecadadas e que estão sendo enviadas junto com o nosso material de apoio, as famílias afetadas pela enchente no Estado”, garantiu o secretário da Defesa Civil do Amazonas, coronel Roberto Rocha.

    A Secretaria de Saúde do Estado (Susam) mobilizou funcionários de 29 unidades da capital (Policlínicas, SPAs e Maternidades), o que resultou na arrecadação de cinco toneladas de ajuda entre alimentos e fraldas. Por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e Fundo de Promoção Social (FPS), os itens foram entregues na sede da Defesa Civil do Estado, localizado no bairro Cachoeirinha.

    “Esta doação é para as famílias dos municípios prejudicados pela cheia e terá a distribuição coordenada pela Defesa Civil do Estado que já atua nesse trabalho”, afirmou a vice-presidente do FPS, Vânia Barbosa.
    Outra ação foi da empresa Norte Indústria e Comércio de Alimentos (Café do Norte), que entregou cinco toneladas de composto lácteo. Segundo o proprietário Cícero Brasiliano de Morais, que soube da campanha por meio das mídias sociais, as crianças são as que mais sofrem com a situação.

    “Ter a certeza de que essas pessoas vão receber o que eu doei é muito gratificante, e se não fosse pelo trabalho Defesa Civil do Estado isso não seria possível.”, destacou o empresário.

    Também contribuíram com a campanha, os jovens do Grupo Infantil Vida e Arte (projeto GIVA) em parceria com a Escola Municipal João Alfredo, localizado no Bairro da Paz. Foram arrecadados durante um torneio de futebol na comunidade, 290 kg de alimentos (arroz, feijão, farinha, leite e café) para os atingidos pela cheia no interior.
    “Confio no trabalho da Defesa Civil do Estado, e sei que esse alimento vai chegar ao destino certo”, disse Ana Marly que representou o grupo na entrega dos alimentos.

    Na zona leste, mais de 500 pessoas se reuniram para praticar exercício físico na Bola do Produtor. É o projeto “Dança para Todos” que há mais de 10 anos estimula famílias em seis bairros da Capital para a atividade. Aderindo a campanha, os coordenadores da receberam durante dois dias, doações que somaram 255 kg de alimentos.

    “É muito importante ajudar a quem precisa de fato ”, disse o coordenador do projeto, Márcio Prata.

    Balanço – Ao todo já foram arrecadadas 32.545 toneladas de produtos. As doações podem ser realizadas na sede do órgão, localizado na Avenida Carvalho Leal, número 1659, bairro Cachoeirinha.

    Após a identificação das principais necessidades nos locais onde há famílias afetadas pela cheia, a Defesa Civil AM recomenda a doação de alimentos não perecíveis com prazo de validade de até seis meses, além de fraldas infantis e geriátricas, redes e sandálias de borracha novas.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso