• Entrega de documentos do Bolsa Idiomas termina nesta sexta-feira

    O programa já recebeu mais de 37 mil inscrições.
    10/04/2015 07h05 - Atualizado em 10/04/2015 09h27

    Foto: Divulgação


    A entrega de documentos dos candidatos classificados no remanejamento do programa Bolsa Idiomas 2015 termina nesta sexta-feira, 10. Ao todo, foram disponibilizadas 9.064 bolsas para cursos de inglês e espanhol em instituições particulares de Manaus.

    Para assegurar a vaga, os candidatos contemplados devem entregar a documentação exigida em edital, na sede da Escola de Serviço Público Municipal (Espi), avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D, Parque das Laranjeiras. O Programa Bolsa Idiomas é coordenado pela Espi, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

    A diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, alerta aos interessados para que não deixem a entrega da documentação para a última hora. “O ideal é que façam isso com tempo suficiente de providenciar o que estiver faltando, se for o caso”, explicou.

    Os documentos exigidos são a cópia do RG e CPF do candidato e dos familiares que moram com ele na mesma residência; certidão de nascimento do aluno e dos menores de idade que residem com ele; comprovante de residência, que seja do mesmo endereço informado no ato da inscrição e que tenha menos de três meses de expedição. Precisam entregar, ainda, a declaração de conclusão de ensino médio ou comprovante de que estão cursando. Devem apresentar a declaração de rendimento familiar, documento que pode ser impresso direto do site, no link Portal do Candidato.
    Também devem ter em mãos o comprovante de renda de todos os que moram na residência do candidato. “Os candidatos devem ficar atentos aos comprovantes de renda que devem ser de todos os membros declarados no ato da inscrição”, acrescentou.

    Em dois anos de execução e quatro processos seletivos realizados, o programa já recebeu mais de 37 mil inscrições e contemplou 8.614 pessoas. “Manaus tem sido palco de grandes eventos internacionais, prova disso foi a escolha da cidade para sediar jogos das Olimpíadas e anteriormente da Copa do Mundo. É necessário que as pessoas estejam capacitadas e saibam outro idioma para atender a essa demanda do turismo que cresce a cada dia”, enfatizou.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso