Equipe “Guardião” prende casal com 300 g de cocaína nas proximidades de escola pública na zona Norte

Os infratores foram presos na casa onde moravam no bairro Santa Etelvina, na manhã de ontem (22).
23/12/2016 13h04 - Atualizado em 23/12/2016 13h04

Foto: Divulgação/Polícia Civil


A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe “Guardião” do projeto “Caravana da Cidadania nas Escolas e Comunidades”, idealizado e mantido pelo delegado-geral da instituição, Francisco Sobrinho, prendeu em flagrante, na manhã da quinta-feira (22), por volta das 10h, o casal de namorados Talissa Taia dos Santos Amorim, 21, e Thiago de Jesus Silva Rebelo, 25, conhecido como “Thiago Moka”, envolvido com o tráfico de drogas no loteamento Fortaleza, bairro Santa Etelvina, zona Norte da capital.

De acordo com o coordenador operacional do projeto, delegado Henrique Brasil, os infratores foram presos na casa onde moravam, localizada na Rua Dom Jesus Irineu do loteamento Fortaleza, após a equipe receber denúncias informando que um casal estaria comercializando entorpecentes nas proximidades de uma escola pública situada naquela região. Durante revista no imóvel os policiais civis apreenderam 300 gramas de cocaína, uma balança de precisão, dois aparelhos celulares, R$ 34 em espécie e petrechos para confecção de trouxinhas.


“Chegamos de forma descaracterizada e começamos a monitorar o local indicado. Foi quando constatamos movimentação suspeita e realizamos a abordagem aos infratores. Thiago nos informou que comercializava drogas na região há cerca de oito meses. Na delegacia foi constatado que o rapaz já havia sido preso em 2015 pela prática do mesmo crime”, argumentou Henrique Brasil.

O casal foi autuado em flagrante por tráfico de drogas no 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, Talissa será levada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) e Thiago conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irão permanecer à disposição da Justiça.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso