Polícia recupera mais de 300 aparelhos de ar-condicionado roubados em Manaus

No dia 18 de novembro, cerca de 600 aparelhos foram roubados de uma fábrica; polícia investiga envolvimentos de ao menos dois comerciantes no crime.
05/12/2016 15h02 - Atualizado em 5/12/2016 15h03

Foto: divulgação/PC


A Polícia Civil investiga o envolvimento de ao menos dois comerciantes, com a quadrilha, que no dia 18 de novembro, roubou uma carga de 600 aparelhos de ar-condicionado de uma empresa, na zona oeste de Manaus. De acordo com o delegado Especializado em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) , Adriano Felix, um total de 300 aparelhos foram encontrados em galpões pertencentes aos empresários. O delegado explicou que caso fique comprovada a participação deles, serão autuados por receptação.

De acordo com o delegado titular da Derfd, as investigações iniciaram em conjunto com policiais civis que atuam no Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Adriano Felix informou que o crime ocorreu por volta das 22h, na Rua Otília, loteamento Campos Sales, bairro Tarumã. Na ocasião, três homens armados com revólveres, adentraram a empresa encarregada do transporte das mercadorias, renderam os motoristas e o vigilante do lugar. Na ação, os infratores levaram duas carretas e a carga avaliada em R$ 1 milhão.

Ao longo da coletiva de imprensa, o delegado destacou que a investigação policial teve início na manhã da última quarta-feira, dia 30 de novembro, e seguiu até a tarde de sexta-feira, dia 2, com a recuperação de 300 aparelhos.

“No primeiro dia de diligências as equipes conseguiram recuperar 220 unidades de condicionadores de ar em uma galpão, situado na Rua Lauro Cavalcante, no Centro de Manaus. Em continuidade aos trabalhos, já na tarde da última sexta-feira, dia 2, os investigadores da especializada recuperaram mais 80 aparelhos em um prédio, localizado na Rua Teerã, conjunto Campos Elísios, bairro Planalto, zona Centro-Oeste”, disse Felix.

Desta ação, o titular da Derfd informou que já foram identificadas duas pessoas, que tiveram as identidades preservadas para não atrapalhar os trabalhos, envolvidas no delito. Adriano Felix lembrou, ainda, que no último dia 27 de novembro, as equipes do DRCO e Derfd recuperaram 32 condicionadores de ar dessa mesma ocorrência.

“Logo após o delito, a partir das filmagens das câmeras de segurança do empresa, conseguimos chegar aos contêineres no dia seguinte ao delito, já vazios. Já temos informações dos possíveis interceptadores, que já estão sendo investigados. Também já temos detalhes da associação criminosa que efetuou o roubo. Não descartamos a possibilidade de que essa quadrilha já tenha cometido outros roubos, não só a transportadoras, mas também a empresaslocalizadas no Distrito Industrial. Estamos trabalhando para prender todos os envolvidos no crime”, pontuou Adriano Felix.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso