Tribuna Popular na CMM vai discutir alta no preço da gasolina

A tribuna acontece no próximo dia 20, às 10h, no plenário da Casa Legislativa.
15/12/2016 09h48 - Atualizado em 16/12/2016 17h03

Foto: Reprodução


O vereador Plínio Valério (PSDB) vai realizar uma Tribuna Popular, na próxima terça-feira (20), às 10h, no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), com a finalidade de identificar a composição do custo do litro da gasolina nos postos de abastecimento aos consumidores, que chega a R$ 3,99 em Manaus.

Plínio destacou que a discussão sobre a combustível se faz importante porque é um tema que mexe no bolso de todos os consumidores. “Não podemos aceitar essa desculpa de que a gasolina estava barata porque era promoção”, alertou o vereador.

Na discussão do tema, estará presente o presidente da Comissão do Consumidor da OAB/AM, Marcos Salum. “A OAB tem uma equipe que está atuando em cima desse assunto com dados e números, por isso é conveniente trazer esse debate para a CMM junto à Comissão do Consumidor da Casa”, disse o parlamentar.

O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec), vereador Álvaro Campelo (PP), disse que a comissão já está tratando dessa questão, inclusive em reuniões com órgãos de defesa do consumidor para traçar as maneiras para enfrentar o problema, observando que não é a primeira vez que a comissão discute o assunto.

Álvaro Campelo lembrou que, no final do ano passado, a gasolina chegou a custar R$ 4,10 e R$ 4,15, e por meio das reuniões realizadas no seio da comissão, com representantes de sindicato e proprietários de postos de combustíveis e depois com as fiscalizações a pressão resultou numa redução do preço.

“Passamos quase um ano com valores razoáveis, nos últimos meses com valores até abaixo da previsão. Agora, com a autorização da Petrobras, está havendo alta do combustível, mas é algo que a comissão já está trabalhando e, em breve, teremos uma ação concreta de combate a essa atividade combinada por parte dos donos de postos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso