TSE não julga este ano processo que confirma cassação de Melo

O processo não constou na pauta da última sessão do ano, que aconteceu hoje no Tribunal.

O processo que podia confirmar a cassação do governador do Amazonas, José Melo (PROS) não constou na pauta de julgamento da última sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que aconteceu às 10h, desta segunda-feira (19). Com a decisão, as chances do senador Eduardo Braga (PMDB) assumir o governo acabam.

Ainda não se sabe o que deve acontecer se o processo for julgado em 2017 e Melo for cassado. Ao que tudo indica, se isso ocorrer, deverá ser realizada nova eleição para escolha de um novo governador.

Fonte: Redação AM POST