Polícia recupera celular roubado de jovem no bairro Dom Pedro e prende dupla envolvida no crime

O crime teve bastante repercussão após uma equipe de reportagem, de um jornal local, conseguir registrar o delito e divulgar as imagens.

A Polícia Civil do Amazonas, elucidou o caso de roubo de aparelho celular ocorrido na tarde da última quarta-feira, dia 8, na Rua Bartolomeu Buenos, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste da cidade, que teve como vítima um jovem de 20 anos. A dupla Lucas Lima de Queiroz, 20, e Jefferson dos Santos Miranda, 18, foi presa.

blank

Segundo a polícia na ocasião do delito os assaltantes estavam em uma motocicleta furtada no dia 1º de março deste ano, no bairro Santa Etelvina, zona Norte da cidade, quando avistaram a vítima, que estava sentada em frente à residência onde mora, e o infrator que estava na garupa da moto puxou o aparelho do jovem.

Bacarin informou que, após tomar conhecimento do delito, os policiais civis iniciaram as investigações em torno do caso e conseguiram localizar Lucas na tarde da última quinta-feira, dia 9, no beco Dom Pedro, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste da cidade. Já Jefferson foi encontrado na sexta-feira, dia 10, em via pública, na Rua Bela Vista, Comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste da cidade. De acordo com a autoridade policial, a ação criminosa teve bastante repercussão após uma equipe de reportagem, de um jornal local, conseguir registrar o delito e divulgar as imagens.

blank

“Assim que tomamos conhecimento do crime as equipes saíram em diligência para identificar e prender os infratores. Também tínhamos como meta recuperar o celular roubado. A partir da identificação de Lucas conseguimos chegar até Jefferson. Normalmente os infratores utilizam veículos roubados ou furtados e adulteram as placas para tentar dificultar as investigações, mas, em função do empenho dos policiais envolvidos na ação conseguimos lograr êxito nas prisões dos infratores”, argumentou Bacarin.

O titular do 10º DIP enfatizou, ainda, que o celular da vítima foi recuperado com uma pessoa que já tinha comprado o aparelho de Jefferson. Mesmo não tendo a identidade revelada, essa pessoa acabou sendo autuada em flagrante por receptação.

Abrahão Serruya ressaltou que as delegacias situadas na área de circunscrição da zona Centro-Oeste vêm realizando trabalho em conjunto com a Polícia Militar, com o intuito de diminuir os índices de crimes que ocorrem naquela região da cidade. “Estamos unidos com a Polícia Militar, fazendo patrulhas diuturnamente nesta área, especificamente. Temos como meta assegurar a segurança dos populares e dar uma pronta resposta para esse tipo de situação”, pontuou o titular da 6ª Seccional Centro-Oeste.

Ao longo da coletiva de imprensa o delegado-geral adjunto da instituição falou sobre a necessidade das pessoas, que foram vítimas de algum delito, formalizarem as ocorrências na delegacia.

“O que chama a atenção neste caso é a necessidade do registro do Boletim de Ocorrência. Só foi possível desvendar esse crime porque tomamos conhecimento da infração penal por meio da publicação da imagem do delito, não por conta do registro na delegacia. Aproveito para solicitar às pessoas que tenham sido vítimas de roubo de celular que compareçam a uma delegacia e informem o delito. Ainda que a polícia não consiga recuperar o bem subtraído, é importante para que tenhamos o conhecimento da mancha criminal, onde está mais violento e qual o modus operandi dos infratores, para auxiliar no trabalho investigativo, que cabe à Polícia Civil”, disse Martins.

O celular do jovem foi entregue ao pai dele, Osnir Gusmão, 61, que participou da coletiva. Na ocasião agradeceu e elogiou o empenho da polícia em elucidar o caso. “Temos uma página em uma rede social do bairro Dom Pedro. Lá relatamos todos os fatos que ocorrem naquela área. Apesar das ações criminosas em nossa bairro, estamos mantendo contato direto com as equipes do 10º DIP e 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que, na medida do possível, têm nos auxiliado. Agradeço o empenho dos policiais civis. Felizmente o celular do meu filho foi recuperado”, afirmou o pai da vítima.

Lucas e Jefferson foram indiciados por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada eles serão levados para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irão permanecer à disposição da Justiça.