Procon Amazonas intensifica pesquisa de preços de itens da cesta básica

A pesquisa da variação de preço é feito pelo órgão semanalmente em oito supermercados da cidade.
29/03/2017 10h42 - Atualizado em 29/03/2017 17h30

Foto: Valdo Leão/Secom


A Secretaria Executiva de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon Amazonas) está intensificando a pesquisa de preços de itens que compõem a cesta básica. A pesquisa da variação de preço é feito pelo órgão semanalmente em oito supermercados da cidade e tem como referência uma listagem de 31 itens que incluem alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal.

A definição dos itens verificados usa como parâmetro os produtos que constam da cesta básica do Dieese. Além deste parâmetro, o Procon Amazonas incluiu produtos mais consumidos entre os amazonenses, como a farinha de mandioca, a cebola e o desodorante roll on.

De acordo com a Secretária Executiva de Estado do Procon Amazonas, Rosely Fernandes, a listagem usada pelo órgão vai ajudar a definir quais produtos vão compor a cesta básica amazonense. “ Nós iremos fazer um trabalho conjunto com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) para chegar aos artigos que integram a cesta básica do consumidor amazonense, o que vai facilitar a vida do consumidor amazonense na hora da compra porque ele poderá acompanhar a variação dos preços praticados e avaliar onde pode encontrá-los a preços mais acessíveis”.

Depois da aprovação do Projeto de Lei Complementar (PL) que tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, que poderá reduzir a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços ( ICMS) de produtos da cesta básica, o assunto ganhou ainda mais destaque entre a população e a expectativa é de que os itens fiquem mais baratos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso