Wilker Barreto anuncia projeto de cooperação técnica com parlamentos do interior do Estado

A iniciativa pretende aprimorar o trabalho dos profissionais e vereadores que integram as Câmaras do estado.
30/03/2017 15h52 - Atualizado em 30/03/2017 16h50

FOTO: DJALSON LEAO


O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS), anunciou, na manhã desta quinta-feira (30), durante o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, o projeto ‘Câmara Social: Compartilhando Experiências’. A iniciativa pretende, por meio de cooperação técnica, viabilizar aos parlamentos dos municípios do interior do Estado, estrutura e treinamentos necessários para o aprimoramento do trabalho dos profissionais e vereadores que integram essas Casas e, principalmente, fornecer embasamento e organização necessários para legislar no âmbito das suas respectivas cidades.

O parlamentar estendeu convite às prefeituras que também queiram o suporte da CMM. Segundo Barreto, o projeto será lançado oficialmente no mês de abril.

“Nosso objetivo é compartilhar todo conhecimento referente ao legislativo, ao jurídico, à revisão de leis, entre outros. Tudo para o fortalecimento do trabalho no interior do Estado. Nossa atividade-fim é legislar e precisamos estar aptos para que no fim não corramos o risco de cometer falhas, de sermos questionados quanto à constitucionalidade, o que fragiliza demais qualquer gestão”, explicou Barreto. O ‘Câmara Social’ capacitará, por meio de oficinas ou cursos, assessores parlamentares e vereadores.

De acordo com o vereador, reunião com representantes de algumas Câmaras do interior já foram realizadas e outros encontros devem assegurar novas parcerias. “As Casas de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), Amaturá (a 909 quilômetros da capital amazonense), Tapauá (a 449 quilômetros), entre outras, já estiveram comigo para demonstrar interesse na cooperação técnica. No próximo mês devemos assinar com a prefeitura de Amaturá”, disse, ao estender o convite de parceria às prefeituras do interior do Amazonas.

A CMM tem hoje, segundo Wilker Barreto, capacidade técnica para colocar em prática tal projeto. “Tudo começou quando vi no processo tecnológico aplicado na Prefeitura de Manaus, uma chance de modernização da nossa Casa também. Assinamos termo de cooperação e hoje, temos o segundo parlamento 100% digital do país. Todo o investimento não só na digitalização, mas na capacitação de nossos profissionais permitem, hoje, que compartilhemos todo esse conhecimento a custo zero com nossos parlamentos e prefeituras do interior”, concluiu.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso