• Amazonino diz que não recebeu “convite” para disputar eleições em 2018

    O político afirmou que está triste com o atual cenário político do Brasil como qualquer cidadão.
    07/04/2017 16h49 - Atualizado em 9/04/2017 14h01

    Foto: Reprodução


    Em visita a reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), ontem, o ex-governador Amazonino Mendes (PDT), negou boatos de possível candidatura para o Senado em 2018 e afirmou que está angustiado com o atual cenário político do Brasil como qualquer cidadão. O político foi recepcionado com euforia por alunos, professores e técnicos da Universidade.

    Ao responder diretamente sobre a possível candidatura, Amazonino, afirmou que não recebeu “convite” para disputar a eleição e preferiu não alongar o assunto. Deixou, claro, entretanto, que a política está no sangue e sustentou: “Vou morrer político”.

    Afastado da vida pública desde 2011, Amazonino faz poucas aparições. A última foi na posse do desembargador Airton Gentil na sede do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM).

    Amazonino esteve ontem na reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) para fazer uma visita e se reunir com o reitor Cleinaldo Costa, o vice-reitor Mário Bessa e pró-reitores da instituição, a fim de conhecer o balanço dos 15 anos da universidade criada em sua gestão.

    Natan Gaia – Redação AM POST


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso