• Grupos políticos que concorrem na eleição suplementar já tiveram chance de salvar o Amazonas e não fizeram

    Políticos que desde os anos de 1980 fazem a ‘dança das cadeiras’ tanto no executivo municipal quanto estadual.
    28/06/2017 17h50 - Atualizado em 29/06/2017 11h44

    Foto: AM POST


    A maioria dos políticos direta e indiretamente envolvidos na eleição suplementar do Amazonas já estiveram na direção do Estado e não fizeram muito do que prometeram em seus discursos falaciosos para alcançarem o cargos de governador e prefeito de Manaus.

    Em especial os candidatos Amazonino Mendes (PDT), Eduardo Braga (PMDB) e seus respectivos grupos políticos que desde os anos de 1980 fazem a ‘dança das cadeiras’ tanto no executivo municipal quanto estadual.

    Nomes como Alfredo Nascimento, Omar Aziz, Arthur Neto, Silas Câmara, Vanessa Grazziotin e tantos outros que pregam extrema preocupação com o Estado e com Manaus mas na primeira oportunidade que tiveram extorquiram o dinheiro público sem dó nem piedade.

    Agora, em 2017, todos eles vem como salvadores da pátria mais uma vez. E você leitor do AM POST o que acha?

    Redação AM POST


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso