• Omar guarda decisão sobre posicionamento do PSD na eleição suplementar para o último minuto

    Alfredo Nascimento, Artur e Amazonino fazem parte das rodadas de conversas, segundo confirmou Omar.
    10/06/2017 12h15 - Atualizado em 11/06/2017 12h22

    Foto: Reprodução


    O suspense sobre o posicionamento do PSD na eleição suplementar que definir um novo governador para substituir, José Melo (PROS), está grande. A legenda é liderada pelo senador, Omar Aziz, que pretende levar até o último minuto as negociações em torno do pleito.

    Segundo o senador por ser um processo político diferenciado, que proporcionará um mandato “de apenas 14 meses”, todos os pré-candidatos podem alcançar viabilidade, seja Silas Câmara (PRP), Marcelo Serafim (PSB), David Almeida (PSD), Marcelo Ramos e Eduardo Braga (PMDB).

    O deputado federal Alfredo Nascimento (PR), o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB) e o ex-governador Amazonino Mendes (PDT) fazem parte das rodadas de conversas, conforme confirmou Omar. Ao ser questionado sobre qual candidato é “viável”, ele respondeu: “todos, inclusive o Zé Ricardo”.

    O presidente de honra do PSD, ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, deixou claro na última semana que que caberá a Omar decidir sobre a participação do partido na eleição. Em nota publicada no site do PSD, Kassab diz que Omar “é a pessoa certa, competente para conduzir o PSD neste processo eleitoral”.

    Redação AM POST


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso