Comitê de Combate ao Caixa 2 entrega candidatos que usaram instituições religiosas na eleição ao Ministério Público

Os nomes de três candidatos estão em um documento que foi entregue nesta segunda-feira (10) ao Ministério Público Eleitoral.

Os nomes de três candidatos da eleição suplementar estão em um documento que foi entregue nesta segunda-feira (10) ao Ministério Público Eleitoral pelo Comitê de Combate ao Caixa 2 do Amazonas por uso de instituições religiosas para fins eleitorais. São eles: Amazonino Mendes (PDT), Eduardo Braga (PMDB) e José Ricardo Wendling (PT).

Amazonino, participou de um culto da Assembleia de Deus com postura de candidato; Braga esteve em um evento público do Ministério da Restauração onde foi ungido pelo Apóstolo Renê Terra Nova e José Ricardo, participou de ato em tom de campanha em uma paróquia da Igreja Católica.

Redação AM POST