Mesmo em crise financeira, Sejusc esbanja dinheiro público em almoço para blogueiras

O evento para 30 influenciadoras digitais aconteceu em um dos restaurantes mais caros de Manaus.

Redação AM POST

Mesmo vivendo uma crise financeira interna a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da secretária de políticas para mulheres, Viviane Fernandes, decidiu promover em novembro um sofisticado almoço para 30 blogueiras de moda em um dos restaurantes mais caros de Manaus, o Toreador, com o pretexto de conquistar o apoio das influenciadoras digitais para a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres”.

De acordo denúncia publicada no portal Hiel Levy, a Sejusc está com as linhas de telefone cortadas por falta de pagamento e sem carro para o transporte dos funcionários que são obrigados a se deslocarem para as ações do órgão por conta própria.

Apesar de não apresentar nenhum documento comprovatório a Sejusc justificou a ostentação de dinheiro público com as influenciadoras digitais dizendo que o almoço foi uma parceria com o restaurante.