• Após eliminação, Neymar diz que vive momento mais triste da carreira

    No início da manhã, os jogadores da Seleção Brasileira deixaram o hotel onde estavam hospedados em Kazan. Os atletas e a comissão técnica seguiram para o aeroporto da cidade.
    07/07/2018 14h19 - Atualizado em 7/07/2018 14h51

    Foto: reprodução


    Reuters

    O jogador mais caro do mundo, que atua no Paris Saint-Germain, também disse viver o momento mais triste de sua carreira, pois entendia que a equipe comandada pelo técnico Tite tinha condições de fazer história no Mundial.

    “Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história .. mas não foi dessa vez”, escreveu o atacante de 26 anos em sua conta no Instagram, acompanhado de uma foto sua ajoelhado e cabisbaixo no gramado com a camisa da seleção.

    “Difícil encontrar forças pra querer voltar a jogar futebol, mas tenho certeza que Deus me dará força suficiente pra enfrentar qualquer coisa, por isso nunca deixarei de te agradecer Deus, até mesmo na derrota”, acrescentou o jogador.

    Neymar, que teve atuação apagada na derrota para os belgas, foi bastante criticado durante a Copa, principalmente pela imprensa estrangeira e por ex-jogadores de outros países, que apontaram o que acreditam ser simulações e exageros do jogador quando sofre faltas. O atacante brasileiro não quis falar com a imprensa após a derrota de sexta.

    “Muito feliz em fazer parte desse time, estou orgulhoso de todos, interromperam nosso sonho mas não tiraram da nossa cabeça e nem dos nossos corações”, concluiu Neymar.


    *** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


    Facebook

    Economia

    Contato Termos de uso